Espectáculos

A MENINA QUE VENDIA FÓSFOROS RED CLOUD TEATRO DE MARIONETAS

“A Menina Que Vendia Fósforos” (a partir do conto de Hans Christian Andersen) além de propor uma reflexão sobre alienação social explora a ideia de um conforto simples e lúdico, metamorfoseando o quotidiano sentido de felicidade proteção e conforto. A Menina inicia a sua libertação de uma realidade triste fantasiando momentos agradáveis e surreais como única alternativa ao expoente máximo de sofrimento e solidão.

Era uma vez o primeiro dia do ano
Num lugar onde fazia muito frio
Era uma vez uma menina que vendia fósforos
Num lugar onde fazia um frio de rachar
Era uma vez uma menina ausente
Porque com a sua mente
Viajou para outro lugar
E quis lá ficar.