Espectáculos

Cometa Olímpico Catarina Côdea e Amélia Martins

Um duo com 11 ou 12 instrumentos.

Duas guitarras, um violoncelo, um acordeão, uma guitarrinha chamada Bambina, alguns instrumentos de percussão, pedais de fazer coisas estranhas, vozes e às vezes um violino convidado na cauda do cometa …

 

Cometa Olímpico

Conheceram-se em 2015 e começaram a tocar, mas só se auto-intitularam Cometa Olímpico em Setembro de 2017.

A Catarina toca guitarras, guitarrinhas, pedais, percussões e canta. Às vezes também pega no violoncelo. Mas normalmente esse é o trabalho da Amélia, que toca violoncelo, guitarra, percussões, acordeão e canta.

Ambas compõem. Quase todo o repertório é original, embora de vez em quando façam uma ou outra versão.

E as suas inspirações são variadas, bem como o estilo de música que tocam. Desde Bach a Toumani Diabaté, Beatles a Ravi Shankar, gostam de muita música diferente e isso reflecte-se no seu som. Às vezes são mais panadoscompão, outras vezes mais olé!, outras ainda são Allegroappassionato e às vezes acontece mesmo puxarem mais para o pumtchcapum.

Enfim, é preciso ouvir para perceber…