Espetáculos

Cinema Paraíso Cine-Esperança

Roma, 1980. O cineasta Salvatore Di Vitta (Jacques Perrin) recebe um telefonema da mãe que lhe comunica a morte do seu velho amigo Alfredo (Philippe Noiret). Salvatore – ou Totó – é invadido por recordações, revisitando a sua infância, na sua Sicília natal, quando vivia fascinado pela cabina mágica de Alfredo, o mal-humorado projeccionista do cinema da vila: o Cinema Paraíso.

Grande sucesso da época, o CINEMA PARAÍSO reconcilia-se com uma tradição do cinema popular transbordante de generosidade e de referências cinematográficas, entre risos e lágrimas.