Espectáculos

Reflexos de Dissoxi e Paisagem da memória

O Museu da Marioneta recebe, em estreia nacional, dois exercícios-espectáculos relacionados com as abordagens curriculares e com os projetos finais de pós-graduação em Marionetas e Formas Animadas da Escola Superior de Educação de Lisboa: Reflexos de Dissoxi e Paisagem da memória


Exercício-Espectáculo 1

REFLEXOS DE DISSOXI

A partir “Das Anotações do Autor” e “Das Anotações de Dissoxi”, incluídas na edição brasileira do livro O Assobiador (2017), de Ondjaki (autor angolano, já consagrado com vários prémios, entre eles o Prémio Literário José Saramago, em 2013), este espectáculo-exercício dá a conhecer os anseios quotidianos de Dissoxi, uma deusa africana que vive numa aldeia colonizada. Esta pequena narrativa é contada através das transparências e fusões de luz e cor que perpassam corpos e figuras, numa conjugação de teatro de sombra e luz, dando volume cénico à bidimensionalidade das silhuetas, através de sobreposição de imagens e na relação destas com o jogo cénico dos performers ao vivo. Neste exercício-espetáculo, a música e a sonoplastia são também ambiente de fundo e ponto de partida.

Criação
Sara Gonçalves
a partir de O Assobiador, de ONDJAKI

Concepção, dramaturgia e encenação
Sara Gonçalves

Interpretação e manipulação
Ana Claúdio e Sara Gonçalves

Construção de objectos
Ana Claúdio e Sara Gonçalves

Música e sonoplastia
João Balão

Técnicas: Teatro de sombras. Manipulação direta de objetos.

 


Exercício-Espectáculo 2

PAISAGEM DA MEMÓRIA

Vamos imaginar um lugar. Vamos imaginar um corpo que percorre uma paisagem. Vamos imaginar cores, muitas cores. Pássaros, muitos pássaros. Vamos imaginar uma paisagem, vamos chamar-lhe: paisagem da memória. Numa relação entre o corpo dos atores e a manipulação dos objetos/marionetas, esta criação é sobretudo um lugar de liberdade numa íntima relação com a música. Paisagem da memória é como uma partitura, uma escrita, que fala do rasto e da pegada de identidades, na qual as imagens criadas em cena e a música respiram o mesmo ar.

Conceito e direção artística
Isabel Barros

Co-criação e interpretação
Ana Mota Ferreira, Rui Mecha e Sílvia Pinto Ferreira

Construção e adaptação de marionetas
Ana Mota Ferreira, Rui Mecha e Sílvia Pinto Ferreira

Apoio
Teresa Branco/Brâmica

Técnicas: Teatro de imagens. Manipulação direta de marionetas e objetos

 


Coordenação de curso
Miguel Falcão, Encarnação Silva, Natália Vieira e Rute Ribeiro

Coordenação geral do projecto
Miguel Falcão e Catarina Firmo

Mais