Espectáculos

FILIPE RAPOSO APRESENTA LOTTE REINIGER Ciclo de cinema mudo

Filipe Raposo (pianista, compositor e orquestrador) tem estreitado a sua relação com o cinema, não apenas na composição de bandas sonoras para filmes, mas principalmente pelo acompanhamento ao piano de filmes mudos.

É pianista residente da Cinemateca Portuguesa, tendo já acompanhado mais de 150 filmes. Filipe Raposo consegue, num estrito diálogo com o filme, criar uma banda sonora que se torna intrínseca ao objecto fílmico.

Os filmes deste ciclo apresentado por Filipe Raposo no Museu da Marioneta são de Lotte Reiniger, realizadora alemã e pioneira do cinema de animação.

Reiniger realizou mais de 30 filmes sempre com a sua técnica de paper-cutting, inspirada no teatro de sombras com marionetas. Muitos dos filmes foram realizados no período do cinema mudo (entre as décadas de 20 e 30) e alguns são inspirados nas histórias dos Irmãos Grimm.

O filme As Aventuras do Príncipe Achmed (1926) é considerado o primeiro filme de longa duração de animação e também o filme mais conhecido da realizadora.

Neste ciclo serão ainda projectadas algumas das suas curtas-metragens: The Flying Suitcase (1922), Cinderella (1922), The Chinese Nightingale (1927), The Seemingly Dead Chinese (1928).

Filmes da realizadora Lotte Reiniger, com música original e ao vivo de Filipe Raposo (pianista, compositor e orquestrador).

 

28 SETEMBRO

  • As Aventuras do Príncipe Achmed (1926), 81′

 

29 SETEMBRO

  • The Flying Suitcase (1921), 8’45”
  • Cinderella (1922), 13’03”
  •  The Seemingly Dead Chinese (1928), 9’23”
  • Thumbelina (1954), 11’21”
  • The Frog Prince (1961), 2’47”

 

Com o apoio do GOETHE-INSTITUT PORTUGAL